Ao entrar no mercado de investimentos imobiliários, é sempre bom entender alguns conceitos básicos que regem o setor da construção civil. Dois desses conceitos influenciam na questão monetária desses investimentos: o Preço Global e a Taxa por Administração. Esses dois aspectos são o que determinam as circunstâncias em que a construção será executada.

Cada um desses regimes possui especificidades que interferem no valor de um empreendimento, portanto é importante entender como eles impactam na contratação da obra antes de realizar a compra efetivamente. Veja agora o que são cada um desses fatores e como eles podem influenciar no valor do seu imóvel.

Preço Global

No regime de preço global o comprador paga apenas um preço fixo pelo empreendimento correspondente ao valor total. A construtora então realiza a obra com base nos valores desse orçamento. Contratos feitos por preço global são os que representam menor risco para o comprador quando todos os termos estão bem esclarecidos. Esse detalhamento é essencial para evitar surpresas, como por exemplo, intervenções que não constem no contrato e que possam resultar no pagamento de taxas adicionais.

Uma variação desse regime é a “turn key”, onde a construtora tem autonomia para utilizar sua própria tecnologia para execução dos projetos, limitando, assim, a participação do cliente no andamento da obra.

Ah, mas atenção: o preço global é um regime diferente da contratação por preço unitário. Neste segundo caso, o valor pago é mediante as unidades de cada matéria prima que será utilizada, como por exemplo, o valor por quilo de estruturas de aço que serão empregadas naquela obra.

Taxa por Administração

O regime por taxa de administração é utilizado quando alguns aspectos do projeto ainda não foram definidos, mas a construtora já pode dar início às obras. Nessa situação, a empresa cobra uma taxa mensal do cliente, cujo valor será destinado a pagar o material que está sendo utilizado.

Uma precaução que se deve ter quando a taxa por administração é adotada é ter certeza de que aquela é uma construtora confiável e de qualidade, pois esse tipo de contratação pode ser utilizado por empresas duvidosas para benefício próprio.

Preço Global X Taxa por Administração

A principal diferença entre os dois regimes de contratação de obra está na forma como o contratante paga pelo imóvel. Utilizando o Preço Global paga-se apenas o valor correspondente à obra em si, enquanto a taxa de administração exige o pagamento mediante o material usado na execução.

Entretanto, ambas possuem suas desvantagens como já foi citado: o Preço Global dá abertura para o pagamento de valores adicionais no caso de intervenções extras, enquanto a Taxa por Administração pode ser utilizada por empresas duvidosas para lucro próprio. Apesar disso, no caso de imóveis residenciais, a Taxa por Administração se mostra mais vantajosa, pois ambas as partes (cliente e construtora) ficam protegidas quanto a variações de preços. Bem, agora você já entendeu como esses regimes funcionam e como eles podem impactar no valor do seu imóvel. Não esqueça de sempre procurar uma construtora de confiança e de avaliar bem as suas possibilidades antes de fechar um negócio.

Deixe uma resposta

Fechar Menu