Não é de hoje que temos a necessidade de um lugar para nos refugiarmos. Desde os primórdios da humanidade, construções como barracas ou tendas já era construídas para servirem de abrigo. Desde então, as técnicas de construção foram gradativamente evoluindo para os métodos avançados e sofisticados que utilizamos hoje.

Independentemente do tipo de moradia, todos esperam dela algo em comum: que seja aconchegante, segura e que proporcione qualidade de vida.

Qualidade do imóvel

Como saber se um imóvel é de qualidade? Conhecendo sua construção.

Quando o imóvel é bem construído a chances de apresentar patologias são baixas: infiltração, vazamentos, trincas e descolamento de azulejos e pisos são alguns dos problemas mais frequentes e que mais podem gerar dor de cabeça aos proprietários.

Imóvel na planta

No caso de ser um imóvel ainda na planta ou em obras, é necessário olhar para a construtora. Construtoras confiáveis geralmente têm certificações, empreendimentos já entregues em seu portfólio e atendimento e suporte pós obra.

As certificações são concedidas através de auditorias e afirmam que a empresa está em concordância com a lei e regulamentos. Algumas certificações comuns para construtoras são ISO 9001 e PBQP–H. Mas apenas as certificações não bastam. Uma análise do portfólio permite saber quantas obras foram concluídas, e, se possível, visite um empreendimento pronto para averiguar a qualidade.

O suporte e atendimento pós obra também são muito importantes. Por isso, é necessário levar em conta se a construtora oferece o apoio necessário para resolver possíveis problemas após a entrega do imóvel.

Para saber mais como avaliar a construtora, acesse o artigo: Como saber se a construtora é confiável.

O imóvel é novo

Mesmo imóveis novos podem apresentar imperfeições. As dicas anteriores também valem aqui, já que o imóvel é recém-construído.

Esses imóveis, assim como os comprados na planta, são os mais procurados, pois têm garantia de construção, suas instalações são novas e não haverá preocupação com manutenções tão cedo.

Imóveis que estão prontos há mais tempo já tiveram outros proprietários e moradores, e sua qualidade será melhor identificada com ajuda de um profissional da construção civil. Instalações hidráulicas e elétricas deverão ser analisadas, bem como manutenções já realizadas nessas instalações.

Região

A região a ser escolhida tem mais a ver com o estilo de vida de cada um.  Há os que preferem viver mais próximo aos centros e os que preferem bairros mais afastados.

O centro geralmente é o local que concentra maior parte dos recursos disponíveis na cidade: há supermercados, farmácias, hospitais, bancos, escolas, etc. Morar próximo ao centro significa ter praticidade e acesso a todos esses recursos de forma rápida e fácil sem precisar se deslocar muito.

Os bairros mais afastados do centro oferecem mais tranquilidade e o espaço é menos disputado, o que significa que é possível viver em espaços maiores e com mais áreas livres.

Seja qual for a região, infraestrutura, segurança e recursos disponíveis devem ser considerados na hora de escolher um imóvel. Fácil acesso a outras regiões, abastecimento de água, asfaltamento, calçamento, iluminação pública, coleta de lixo, escoamento de esgoto estão relacionados à infraestrutura e espera-se que todos os locais tenham esses requisitos (o que infelizmente não é sempre o caso). Se a região não dispõe de todos os recursos é melhor que ela tenha fácil integração.

Segurança

É o principal motivo pelo qual as pessoas necessitam de moradia. A segurança observada em um imóvel vai desde a qualidade da construção até a possibilidade de ter sua residência invadida.

Internamente, fatores de segurança são aqueles já conhecidos: que evitam quedas, incêndios, etc. Por isso há uma série de normas que são seguidas nas construções, por exemplo: os degraus e a largura das escadas são dimensionados para evitar quedas e garantirem que as pessoas consigam sair de dentro da edificação em situações extremas. As instalações elétricas também seguem normas, em pontos estratégicos há componentes elétricos que, em uma situação de curto circuito, queimam e impedem que a corrente elétrica avance e cause um incêndio. São inúmeros fatores de segurança a serem garantidos internamente, por isso a qualidade da construção é tão importante.

Há também a necessidade de proteção de fatores externos, como evitar que a residência seja invadida, por exemplo. Para esse tipo de proteção são adotadas medidas de segurança já conhecidas também: alarmes, cercas elétricas, vigilância, fechaduras, entre outros.

Documentação

A documentação serve para provar que aquele imóvel pertence a você. No caso de imóveis na planta, por exemplo, é obrigatório ter a incorporação imobiliária registrada em cartório, garantindo que naquele terreno haverá a construção que você comprou, evitando fraudes, como no caso do construtor sumir com o seu dinheiro, do proprietário do terreno desistir da obra e não reembolsar o que já foi investido ou até mesmo de projetos em que o proprietário do terreno nem sabe da existência.

Mesmo com a incorporação imobiliária registrada, caso a construtora não execute a obra conforme o projeto aprovado e as normas de segurança e de habitação, a prefeitura municipal não irá conceder autorização para que o imóvel seja habitado.

Capacidade financeira

É importante que as pessoas entendam sua capacidade financeira para adquirir um imóvel, mas nem todos se atentam a isso. Mais que o valor total ou as parcelas mensais, é preciso saber tudo o que gera investimento financeiro em função da compra: documentação, IPTU, INCC (“juros de obra”), entre outros.

Se esses fatores financeiros não forem bem analisados poderão acarretar inadimplência, dívidas e o tão sonhado imóvel, mesmo se já conquistado, pode se perder por falta de planejamento.

O profissional do setor imobiliário que fizer a intermediação da compra deverá informar sobre todos esses aspectos financeiros para que você não tenha surpresas desagradáveis depois que comprar. Como você viu, a compra de um imóvel é influenciada por diversos fatores. Saber analisar cada ponto com atenção é crucial para que o seu sonho possa ser realizado da melhor maneira possível. Afinal de contas, não há lugar melhor do que o nosso lar.

Deixe uma resposta

Fechar Menu